The Talk ao Vivo com Sylvia Bittencourt no Ao Café

01O projeto The Talk ao Vivo prossegue nesse mês de maio com a gravação da entrevista com a Profª. Drª. Sylvia Bittencourt, ex-dirigente de ensino da Região. O projeto idealizado pelos gerentes do Ao Café, Cláudia e Maurício Tenreiro, consiste em trazer para o público as gravações do entrevistão publicado no folhetim literário The Talk. As entrevistas são realizadas pelo editor do folhetim, Marcelo Rayel, sempre em clima descontraído e ao sabor do rumo da conversa, sem uma pauta específica. O bate-papo, gratuito, será sexta-feira, 17 de maio, 20h30, na Ao Café (Av Siqueira Campos, 462/Santos).

Sylvia Bittencourt é nascida em Santos onde fez a sua formação profissional e concluiu a pós-graduação na capital. Finalizou o Mestrado e Doutorado nas décadas de 80 e 90 – na Universidade de São Paulo. Posteriormente na Universidade do Minho, Portugal, especializou-se em Literatura do Renascimento. Trabalhou como professora do ensino fundamental e médio da rede estadual de Ensino de São Paulo e com a experiência na escola pública, mediante aprovação em concurso público, veio a exercer os cargos de Secretária de Educação e Dirigente Regional de Ensino (DRE- Santos) nos seis primeiros anos da implantação da Lei Diretrizes e Bases da Educação Nacional, fato que a levou ser gestora da educação da cidade de Santos.

No ensino superior ministrou aulas nos cursos de Letras, Pedagogia e Pós- Graduação (lato sensu) em Letras e Psico-pedagogia em várias universidades das cidades de Santos, Guarujá, Taubaté e São Bernardo do Campo. Desde a década de 80, dedica-se à formação continuada dos educadores da região e atualmente é formadora do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. É membro da Academia Feminina de Ciências, Letras e Artes de Santos e ocupa a cadeira 13 cuja patrona é Cecília Meireles. Aposentada, é colaboradora na criação das netas gêmeas e está atenta ao diálogo com as diferentes gerações de ex- alunos que se dedicam ao magistério e à cultura. Cultiva o bom hábito de ouvir música clássica e de prosear pelos cafés da cidade. Inspirar aroma do café é estabelecer um elo entre o passado e o futuro.

*André Azenha – Ao Café

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s