Sanatório Geral + ‘Dentro de Mim Mora Outra’ + Cineclube = Vila do Teatro

01

‘Sanatório Geral’ é uma revista online mensal (leia aqui a primeira edição), de Artes Visuais, que trará em cada edição, temas que ilustrarão toda a revista. A ideia é abranger e ser uma vitrine para todos os profissionais de artes do país: escultores, pintores, desenhistas, ilustradores, fotógrafos, designers, grafiteiros, publicitários, artistas plásticos, fotógrafos, entre outros. Os trabalhos precisam ter o tema proposto para cada edição e farão parte da Revista, sem seleção. A revista tem como objetivo, abordar temas onde o público possa ter acesso, de uma forma lúdica, a assuntos não expostos em outras mídias, fazendo com que seu leitor, por meio da arte, conheça esses temas sob o olhar do artista.

Neste mês de abril, a Revista Sanatório Geral, em sua segunda edição, fala sobre Beijo, e tem textos da Thaís Lyra, Cida Barroso e Junior Texaco. Quem assina dessa vez o texto de abertura é Felipe Torre. Com linguagem moderna e atual, a Revista apresenta uma coletânea de músicas sobre Beijo listadas pelo Dj Lufer. Luane Carvalho Fratelli e Rafaella Martinez traçam o perfil da designer Ludmilla Rossi em uma entrevista excelente na Cadeira Elétrica. Lili de Freitas traz noticias breves do mundo das artes visuais em sua Camisa de Força dentro da Sessão de Terapia.

A festa de abertura acontece nesse sábado, dia 20, às 22h na Vila do Teatro e se integra às atrações da Vila. A primeira é o espetáculo “Dentro de Mim mora outra”, da Cia Ohm de Teatro, que aprofunda a reflexão sobre o conceito da identidade social no universo transexual, aprofundando a crítica à realidade vigente, apreendida pelas pessoas como um contínuo de tipificações, cuja soma constrói a estrutura de uma sociedade institucionalizada. Com direção de Maria Tornatore, texto de Ronaldo Fernandes, músicas de Julinho Bittencourt e Marcos Canduta, figurinos de Kadú Veríssimo e produção de Miriam Vieira, no elenco: Renata Carvalho com participações de Ronaldo Fernandes e Jackson Vieira.

A segunda atração é o Cineclube Maurice Legeard, que surge para criar um espaço cujo ofício é discutir o cinema que é inacessível nas salas comerciais da cidade de Santos. O projeto é fundado pelos estudantes de cinema e audiovisual: Rodrigo Zerbetto, Victor Allencar e Gabriel Peres. A segunda sessão do cineclube exibirá o curta metragem “NINA”, de 2012, filme estreante de Rodrigo Zerbetto como diretor e o longa metragem “La Strada”, de 1954, dirigido pelo renomado Federico Fellini.

*Luciana Coppio

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s