Ademir Demarchi e Alessandro Atanes abordam editoras artesanais em Santa Catarina

01

Ademir Demarchi, poeta e editor, e Alessandro Atanes, jornalista e historiador, embarcaram para Navegantes (SC), onde participam do Programa Contém Leitura, realizado até 12 de abril na cidade portuária catarinense. Eles participam no dia 10, às 20 horas, no Instituto Caracol, que promove o evento, da conversa “Cartonaria – Leitores e Leituras independentes”, sobre o fenômeno latino-americano das editoras artesanais de livros feitos com capas de papelão (cartón em espanhol). Participa também do encontro Ana D’Angelo, colunista da revista Página 22, do Rio de Janeiro.

Demarchi é fundador da editora cartonera Sereia Ca(n)tadora, cujo primeiro título, lançado em novembro de 2010, foi Voo de Identidade, do poeta peruano Óscar Limache, em edição bilíngue traduzida por Alessandro Atanes. Com mais de 20 títulos publicados, a Sereia já editou também Regina Alonso, Madô Martins, Paulo de Toledo, Flávio Viegas Amoreira e Marcelo Ariel, entre outros.

Além de poetas brasileiros, a Sereia tem se voltado para a publicação de poesia latino-americana inédita em português com outros quatro títulos publicados: As palavras do Rímac, do mexicano Felipe Mendoza, e Berlim, da peruana Victoria Guerreiro Peirano, ambos traduzidos por Demarchi, eViagens Imaginárias e À espera do outono, de Javier Heraud, também peruano, publicados em um único volume com tradução de Atanes.

Atanes é também autor da tradução para o espanhol do poema Novas revelações do Príncipedo Fogo, de Marcelo Ariel, publicado na coletânea temática Poesía para el fin del mundo, da editora Kodama Cartonera, de Tijuana, México. Atanes é também o organizador dos dois volumes (2011 e 2012) do livro Santos Revisitada, publicado em conjunto pela Sereia com a editora Estação Catadora, que reúne textos de participantes das oficinas de literatura da Estação da Cidadania.

Atualmente Demarchi trabalha na tradução de Tradições Peruanas, de Ricardo Palma, por ter conquistado prêmio em concurso da Imprensa Oficial. Atanes está concluindo a tradução de Viagem à língua do porco-espinho, de Limache, e já tem vertido para o português alguns capítulos de Gordo, romance independente do argentino Sagrado Sebakis.

Lançamentos. Na sexta-feira, dia 12, os dois apresentam exemplares das duas editoras artesanais e lançam livros no Instituto Caracol. Ademir Demarchi apresenta ao público o volume Pirão de Sereia (Realejo e Fundo Municipal de Cultura de Santos, 2012), que reúne sua poesia ao longo de 30 anos, e Alessandro Atanes lança Esquinas do Mundo: Ensaios sobre História e Literatura a partir do Porto de Santos (Dobra Editorial e Fundo Municipal de Cultura de Santos, 2013).

*Alessandro Atanes e Márcia Costa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s