Projeto EmCena Brasil retorna a Cubatão no fim de março

01

Com o apoio da Prefeitura de Cubatão, a Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo e a Associação Abaré Arte em Cena, retorna à cidade o Projeto EMCENA BRASIL. O evento será realizado nos 30 e 31/3, das 15h às 22h, com entrada gratuita. Um contêiner adaptado para palco será instalado na Praça Independência, no Jardim Casqueiro, onde acontecerão contações de histórias, espetáculos teatrais para crianças e adultos, além de circo, dança folclórica, sessão de cinema com curtas-metragens, mamulengo e muito mais. A caravana, que percorreu mais de 120 cidades em todo o país, já atendeu cerca de 300 mil pessoas.

A Cia Abaréteatro administra o projeto desde 2007.  A equipe é composta por 20 pessoas, entre atores, técnicos, monitores e traz cinco companhias de teatro, de circo e de mamulengo, que chegarão à cidade com os seus principais espetáculos. Todos os grupos têm na bagagem um excelente currículo, reconhecidos com premiações nos principais centros culturais e diversos festivais de cultura espalhados pelo Brasil e no exterior.

Segundo Orlando Moreno, criador e idealizador do projeto, “esses últimos seis anos de circulação nas mais variadas regiões de Norte a Sul desse país foram muito gratificantes, tanto para adquirir experiência como para aprender com a cultura de cada localidade”, conclui. “Depois de mais de 500 mil quilômetros rodados, nós estamos, de fato, levando a cultura onde o povo está. E o mais importante é que o EmCena vem se consolidando como uma arena de congraçamento, de confraternização e de encontro do nosso povo com sua própria cultura, numa mostra efetiva de que o povo brasileiro, ao contrário do que dizem, tem muito bom gosto, aprecia a arte como um todo e participa ativamente ao se divertir com o gracejo do palhaço, ao se emocionar com a história bem contada e, como gente grande, sem pudor e nem preconceito, é capaz de reviver a criança que existe dentro de cada um de nós. E ao final, agradecido, retribui aplaudindo entusiasticamente todos os artistas”.

Programação:
30/mar
15h – Contação de histórias PEDROCA CATIMBIRIMBOCA – Cia Mão Livre
17h – Teatro para Crianças Boi Viramundo – Abaréteatro –  Itanhaém
19h – Espetáculo de Mamulengo – As Folias no Terreiro do Sr Mané Pacaru Mamulengo da Folia – PE
20h – Sessão de Cinema – CINE CURTA BRASIL
21h – Espetáculo de Teatro para Adultos – A Noiva do Defunto – Andaime Unimep de Piracicaba

31/mar
15h – Contação de Histórias – Mosquito faniquito do Siricutico – Cia Mão Livre
17h – Espetáculo de teatro para Crianças – Faz de conta que tem história – AbaréTeatro – Itanhaém
19h – Espetáculo de Danças Folclóricas – Grupo Zabelê Cubatão
20h – Espetáculo de Circo – Versão Brasileira – Los Circo Los de Campinas

Contação de História: Pedroca Catimbirimboca (Sábado 15h) – O Pedroca entrou numa fria… Também, a professora Dona Carola muito antiga na antiga escola, só falava de como surgiu a água e seus irmãos e coisa e tal. Era vapor subindo, chuva descendo, montanha crescendo, rio aparecendo, sol se abrindo, lago nascendo  e tal e qual. Mas, de tanto ouvir falar de pingo e água. Pedroca foi ficando apertado e, xiiiii… Pedroca  não vai  resistir…

Espetáculo para Crianças: O Boi Viramundo (Sábado 17h) – A Cia Abaréteatro traz o espetáculo O Boi Viramundo. Completando 20 anos de história, a Cia já acumulou mais de 90 prêmios nacionais e internacionais de teatro. Em seu elenco estão Lamparina (Orlando Moreno) com mais de 30 anos de carreira e inúmeras montagens ao lado de grandes nomes do Teatro e da TV brasileira,  além de sua companheira  Bonitinha (Luciana Marques). Juntos, trazem a graça e o humor necessários para completar com muita competência o melhor estilo do teatro infantil brasileiro. A plateia vai reviver os personagens de nosso Folclore como o Saci, Caipora, Boitatá e muito mais.

Teatro de Mamulengos: As folias do Terreiro do Seu Mané Pacaru (Sábado 19 h) –Seu Mané Pacaru celebra o casamento de sua filha Marieta com o vaqueiro Benedito. Para o acontecimento, uma grande festa  será realizada. E eis que o conflito se estabelece:  O coisa ruim, o “fut” como é chamado o diabo, invade a festa impedindo o casamento e obrigando a Marieta casar com ele.  A brincadeira segue um roteiro estabelecido, porém o desfecho é sempre compartilhado com o público que opina e participa da brincadeira, dando mais sabor  e colorido ao espetáculo. Dessa forma, temos uma representação autêntica do Mamulengo pernambucano.  Com Danilo Cavalcante.

Sessão Curta Brasil (Sábado 20h) – Uma seleção de filmes premiadíssimos nos diversos Festivais de Cinema espalhados por esse país. A Sessão curta Brasil e uma seleção de quatro curtas-metragens de animação abordando a temática nacional, o folclore, as lendas e crendices populares, além de apresentar as diversas formas de animação já produzidas com muito esmero por produtoras renomadas no cenário nacional e fundações educacionais de arte cinematográfica.

Teatro para adultos: A Noiva do Defunto (Sábado 21h) – ANDAIME TEATRO UNIMEP conta a história de um homem que é confundido com seu primo que acaba de morrer, noivo de uma jovem encalhada, num misto de farsa e melodrama a montagem foi desenvolvida dentro do universo do circo-teatro, aproveitando  pesquisa iniciada pelo grupo em 2003.Direção de Antonio Chapéu e formam o elenco da peça, Bruno Agulhari, Márcio Abegão, Jenifer Garcia , André Stenico, Thiago de Lucas  e Joseane Bigaran. 

Contação de História: Mosquito Faniquito do Siricutico (Domingo 15 h) – Frederico é um mosquito teimoso. Só porque voava muito bem, achava que podia entrar  por qualquer janela sem mais nem menos.  Até que um belo dia encontrou uma janela mais teimosa ainda. E se ele não aprender as palavras mágicas, vai ficar do lado de fora o dia inteiro ou para sempre. Então, Frederico abre seu coração para a magia das tais palavras?O texto é de Jonas Ribeiro e a Contação de Luciana Marques.

Espetáculo para Crianças: Faz de Conta que Tem História (Domingo 17h) – A Cia Abaréteatro traz o espetáculo Faz de Conta. No elenco, o Palhaço Lelé Pimentão ( Orlando Moreno) e  sua companheira  Belinha (Luciana Marques). Traze, a graça e o humor necessário para completar com muita competência uma perfeita dupla de clowns, no melhor estilo do circo- teatro brasileiro. O público assistirá momentos importantes  da História do país,  quando esses dois atrapalhados clows resolvem trabalhar em um circo que está fechando as portas. Para tentar salvar o espaço, decidem contar uma última história: “A História do Brasil – De Cabral à Republica Virtual”. Só que desta vez tudo será diferente, pois está em jogo o palhaço e o circo, e o espetáculo tem que continuar….

Espetáculo de Danças Folclóricas: Grupo Zabelê de Maracatu (Domingo 19 h) –Iniciado oficialmente em 2009, como parte de um projeto mais amplo de resgate da cultura popular. Com 12 anos de existência, o grupo Zabelê vem atuando na Vila dos Pescadores, tendo 60 componentes, desde crianças até os mais idosos, dentro de uma proposta de integrar a família e a comunidade, promovendo os valores da vida e preservando a memória histórica do núcleo. O Grupo Zabelê de Cultura Popular leva o maracatu e as danças populares nordestinas que agregam o público e, além de acompanhar a apresentação, a plateia poderá aprender um pouco desta dança popular, já que os bailarinos realizarão oficinas-relâmpago entre os interessados.

Circo: Los Circo Los Versão Brasileiro (Domingo 21 h) – Dois artistas se reúnem, despretensiosamente, para criarem um espetáculo excelente. Neste encontro, vão surgindo versões tipicamente brasileiras de cenas clássicas do circo. Nele, encontramos variedade, cumplicidade e diversão para toda família. De forma agradável, os artistas convidam a platéia a visitarem o imaginário circense por meio da dança, da comicidade e do ilusionismo. Durante o espetáculo, várias modalidades circenses são apresentadas: o malabarismo, o palhaço, as acrobacias de solo e em dupla, todas contextualizadas e desenvolvidas valorizando a virtuose do artista circense e suas habilidades no picadeiro. Ao final uma grande surpresa com o clássico número das águas dançantes. No elenco estão Vitor Poltronieri e Rodrigo Mallet, com produção Andrea Desiderio e iluminação Alessandro Azuos, a concepção é do Los Circo Los.

*Luciana Marques – Projeto EmCena

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s