Roxy 4 recebe Mostra Internacional de Cinema de SP

Pelo segundo ano, a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo terá uma itinerância no Estado. O Sesc leva a oito cidades paulistas dez filmes inéditos no Brasil. Em Santos, os filmes serão exibidos no Cine Roxy 4do Pátio Iporanga (Av. Ana Costa, 465), de 14 a 20 de novembro. A iniciativa reforça a parceria entre o Sesc Santos e o Roxy, que pretendem repetir o sucesso do Festival Sesc Melhores Filmes. Ingressos entre R$ 3 e R$ 6.

A Caça – 14/11. Quarta, às 20h. | Direção: Thomas Vinterberg | Dinamarca, 2012, 115 min. Após um complicado divórcio, Lucas, quarenta anos, tem uma nova namorada, um novo trabalho e reconstrói sua relação com Marcus, seu filho adolescente. Mas há algo errado. Uma observação passageira. Uma mentira aleatória. E quando a neve começa a cair e as luzes de Natal se iluminam, a mentira espalha-se como um vírus invisível. O estupor e a desconfiança propagam-se e a pequena comunidade mergulha na histeria coletiva, obrigando Lucas a lutar para salvar sua vida e dignidade.

A Bela que Dorme – 15/11. Quinta, às 16h |  Direção: Marco Bellocchio | França, Itália, 2012, 115 min.
Uma exploração multifacetada da complexa questão da eutanásia, em resposta ao famoso e controverso caso de Eluana Englaro na Itália. Um senador tem de decidir se quer aprovar uma lei que vai contra a sua consciência e a linha de seu partido, enquanto sua filha Maria, uma ativista de um movimento pró-vida, protesta na porta da clínica na qual Eluana está sendo tratada. Ao lado de seu irmão, Roberto é um militante laico, um opositor por quem Maria se apaixona. Em outra parte, uma grande atriz procura por sua fé e um milagre para salvar a filha, que está em coma irreversível há anos, e por quem ela sacrificou sua relação com o outro filho. Por fim, a desesperada Rossa quer morrer, mas um jovem médico chamado Pallido opõe-se radicalmente ao seu suicídio. Essas histórias convergentes são conectadas por uma reflexão sobre o sentido da vida.

Na Neblina – 15/11. Quinta, às 20h |  Direção: Sergei Loznitsa | Alemanha, Rússia, Letônia, Holanda, Bielorrussia, 2012, 127 min. Fronteiras ocidentais da União Soviética, 1942. A região está sob ocupação alemã e os partidários locais empreendem uma brutal resistência. Um trem é descarrilhado não muito longe da vila onde Sushenya, um ferroviário, vive com sua família. O inocente Sushenya é preso com um grupo de sabotadores, mas o oficial alemão toma a decisão de não enforcá-lo com os outros e o liberta. Boatos sobre a traição de Sushenya se espalham rapidamente, e os resistentes Burov e Voitik surgem da floresta em busca de vingança. Enquanto eles levam sua vítima para a floresta, eles sofrem uma emboscada, e Sushenya se encontra frente a frente com seu inimigo ferido.

Dinotasia – 16/11. Sexta, às 16h. |  Direção: David Krentz e Erik Nelson, EUA, 2012, 83 min. Uma viagem cinematográfica pela era dos dinossauros através de uma série de histórias curtas. Narrado por Werner Herzog, o filme faz uma reconstituição digital precisa dos dinossauros, mostrando o mundo a partir de seu ponto de vista.

O Fim do Amor – 16/11. Sexta, às 20h. | Direção: Mark Webber | EUA, 2012, 90 min. Mark é um ator em dificuldades, preso entre a vida que ele conhecia e aquela que o espera. Quando a mãe do seu filho de dois anos morre de repente, Mark é forçado a lidar com seus problemas. Com o filho, ele se vê sem rumo e se esforça para amadurecer. Quando conhece Lydia, uma jovem mãe, ele não consegue mais viver em negação.

Liv & Ingmar – Uma História de Amor – 17/11. Sábado, às 16h. | Direção: Dheeraj Akolkar | Noruega, Reino Unido e Índia, 2012, 83 min. A atriz norueguesa Liv Ullmann e o diretor sueco Ingmar Bergman viveram uma relação que se estendeu por 42 anos. Narrado sob o ponto de vista de Liv, o filme é construído a partir de uma entrevista com a atriz e de imagens dos filmes realizados por ambos, com cenas dos bastidores, fotografias, trechos da autobiografia da atriz e cartas pessoais de Ingmar para ela. Um olhar sobre dois grandes artistas, amigos e companheiros.

Arcadia – 17/11. Sábado, às 20h. | Direção: Olivia Silver | EUA, 2012, 91 min. A viagem de carro a Arcadia, uma pequena cidade na Califórnia, leva vários dias. É pra lá que um pai e seus três filhos estão indo em seu carro abarrotado com as coisas da mudança. Aparentemente é apenas mais uma mudança, o futuro parece promissor e a mãe das crianças se juntará a eles em breve. Mas logo Greta, que tem doze anos, percebe que algo está errado. O que o seu pai esconde deles? E o que sua irmã adolescente sabe e Greta não? Todos os dias, seu pai fica mais irritado, provocando discussões constrangedoras com outras pessoas, mantendo seu segredo e tendo conversas acaloradas ao celular. Cada quilômetro que os aproxima da Califórnia parece fazer o mundo deles oscilar.

Gente Fina – 18/11. Domingo, às 20h. |  Direção: Olaf de Fleur Johannesson | Isândia, 2012, 90 min. Um engenheiro trapaceiro e desesperado foge da cidade para uma pequena comunidade rural islandesa. Lá, ele finge saber como ajudar a refinanciar o matadouro local, mas desconhece que está entrando numa guerra onde impera a falta de educação e os jogos de politicagem da cidadezinha.

 

Bergman & Magnani – A Guerra dos Vulcões – 19/11. Segunda, às 20h. | Direção:Francesco Patierno | Itália, 2011, 62 min. Dois filmes diferentes filmados na mesma época e nas mesmas ilhas: Vulcano (1950), com Anna Magnani, que tinha acabado de se separar de Roberto Rossellini, e Stromboli (1950), filme que dá início ao relacionamento artístico e romântico entre Ingrid Bergman e Rossellini. O documentário se utiliza apenas de material de arquivo sobre a história de amor intensa e dramática entre a atriz mais famosa do mundo (Ingrid Bergman), o diretor internacional mais apreciado por Hollywood de seu tempo (Rossellini) e a atriz mais querida da Itália (Magnani).

 

O Gebo e a Sombra – 20/11. Terça, às 20h | Direção: Manoel de Oliveira | Portugal, 2012, 91 min. Apesar da idade e do cansaço, Gebo continua trabalhando como contador para sustentar a família. Vive com a mulher, Doroteia, e a nora, Sofia, mas é a ausência do filho, João, que os preocupa. Gebo parece esconder algo em relação a isso, em particular a Doroteia, que vive na espera ansiosa de rever o seu filho. Sofia também espera o regresso do marido, ao mesmo tempo em que o teme. De repente, João reaparece e tudo muda.

*André Azenha – Cine Roxy

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s