Opinião: Um Oscar para ‘O Que Terá Acontecido a Rosemary?’

Como espectador, nunca me diverti tanto como com a obra ‘O que terá acontecido a Rosemary?’. Essa comédia ainda é um estímulo para quem quer atuar na Cidade. Fiz uma leitura da peça como uma referência de muito agrado. A concepção do Teatro de Revista é realmente atualizada pela atuação do elenco que tem um afinado entrosamento.

Referências da modernidade e da época, o entrosamento do recurso digital na peça e o ambiente de proximidade entre platéia e atores são os principais pontos para que a peça seja, de longe, uma das melhores comédias em cartaz.

O improviso do trio e as perspicácias da direção ao trabalhar na expressão dos atores a cada momento na cena fazem com que haja um conjunto muito bem amarrado de situações que dê graça ao público. É raro ver um espetáculo santista que consiga segurar o ritmo do humor em toda sua narrativa: ‘O que terá acontecido a Rosemary?’ alcança esse objetivo.

Cacos e ironias além de uma boa expressão corporal das personagens se destacam na obra. A trama já é batida, similar ao enredo principal da novela ‘A Favorita’: duas garotas que crescem se rivalizando pela fama e apoiadas por um agente. Só que dessa vez, as garotas são irmãs e a própria mãe delas é quem se torna agente de apenas uma das aspirantes ao sucesso nos palcos.

O melodrama, de fato, ajuda a endossar ainda mais a comicidade das cenas. Quando sentei-me à frente do palco, o texto não continha muita força, repetições de falas e pensamentos desencadeados em falas simples e diretas demais. O espetáculo se concentra mesmo na habilidade da companhia teatral que elabora um roteiro novo a cada apresentação e recria o espetáculo fortalecendo o texto.

O cenário e a composição do ambiente vão de encontro ao texto: também são simples, concisos. O humor do elenco, por sua vez, é reforçado pelos efeitos digitais e de iluminação, pelos inúmeros adereços e acessórios – tanto no figurino, quanto no cenário. E tudo se torna muito bem integrado, entretendo e fazendo da platéia uma triangulação perfeita e com cumplicidade.

Dá para entender porque a Casa 3 das Artes conseguiu deixar o espetáculo em temporada por mais de dois anos nos principais espaços teatrais e festivais da Região.

P.S.: Este texto foi escrito em setembro de 2010. Reli, relembrei e, ainda assim, foi uma das melhores comédias que assisti.

Anúncios

Um pensamento sobre “Opinião: Um Oscar para ‘O Que Terá Acontecido a Rosemary?’

  1. Pingback: Teatro a Bordo efervesce a Praça dos Andradas « O Palco Santista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s