Flávio Viegas Amoreira media encontro com Edson Amâncio no Sesc

O Sesc Santos (Rua Conselheiro Ribas, 136) dá início ao projeto Mente & Arte: Subjetivo Infinito. Trata-se de palestras com pensadores, cientistas e intelectuais sobre as interconexões entre inventividade, criatividade, genialidade e disturbios da mente, emoções destoantes e transtornos pós-modernos, sob coordenação e mediação do escritor e jornalista Flávio Viegas Amoreira.

A partir da experiência de casos clássicos ligando a Arte e a psiquiatria, neurologia, psicologia e psicanálise como Nietzsche, Van Gogh, Camille Claudel , Niijinsky, Antonin Artaud, Artur Bispo do Rosário e Hilda Hilst, serão abordados a biporalidade, depressão, ansiedade e os limites entre o conceito de sanidade até o delírio potencializado em Arte: a criação como patologias virtuosas dos sentidos.

Neste sábado (26/mai), às 17h, o renomado neurocientista, médico e escritor Edson Amâncio, um dos mais importantes ‘experts’ na proposta do projeto de fazer a ponte entre cérebro e criação. Contista, ensaísta, o Dr. Edson Amâncio é dos mais respeitados neurologistas brasileiros e em literatura, um dos maiores estudiosos em Dostoiévski, tendo escrito um clássico no assunto. Em ‘O homem que fazia chover e outras histórias inventadas pela mente’, ele discorre sobre John Nash, Einstein, Bill Gates, Mozart sobre a ótica das sinapses mais poderosas em mentes inquietas.

*Flávio Viegas Amoreira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s