Márcio Barreto lança livro ‘Mundocorpo’ na Quinta Poética

Direto de São Vicente, o artista Márcio Barreto lança seu novo livro ‘Mundocorpo’ no dia 31, às 19h, na Quinta Poética da Casa das Rosas (Av. Paulista, 37, São Paulo). O escritor cubatense Marcelo Ariel descreve sobre o livro.

Uma percepção da arte como uma experiência inventiva, fundadora e identitária, parece ser o vetor do trabalho do músico e escritor Márcio Barreto, algo que ele mesmo denomina, arte contemporânea caiçara, arte no sentido do fazer e da manufatura vistos como expressões da vida interior.

A escrita, fragmento essencial do registro da imaterialidade da música, a partitura, a letra e o poema, são vistos por ele como partes de um mesmo todo sígnico, seus poemas aqui impressos, como não poderia deixar de ser, estão profundamente ligados ao processo de pensamento que em sua filosofia da composição ele tenta unir ao modo de improvisação criado pela necessidade de expressão vital e pela perplexidade diante do mar ou seja pelo chamado ‘pensamento caiçara’, sim, é um pensamento filosófico que o Sr. Márcio Barreto procura desenvolver ao unir conceitualmente música e literatura dentro de uma ideologia genesíaca e antropofágica.

Desde “O novo em folha” até esse “Mundocorpo” passando pelo inclassificável e gigantesco “Totem”, Márcio Barreto atualizando o “Do it yourself” do movimento punk e agregando a esse “faça você mesmo” uma sensibilidade cada vez mais voltada para o coletivo e suas irradiações nômades prossegue em sua obra-vida o que vejo como uma provocação contínua.

Márcio nos poemas e textos deste “mundocorpo” elabora uma tentativa de reflexão sobre a dança e sobre o papel do corpo. Existe um didatismo maiakovskiano acompanhado de uma profunda musicalidade em seus poemas, Oswald de Andrade se vivo estivesse veria no Sr. Márcio Barreto, um de seus continuadores.

Quinta Poética. Mensalmente, a Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura abre suas portas para a Quinta Poética, um grande encontro dos amantes da boa poesia, com a presença de poetas consagrados e novos talentos, que têm a oportunidade de apresentar seu trabalho por meio de intervenções artísticas das mais diferentes expressões, como dança, música, artes plásticas, cultura popular, que envolvem a leitura dos poemas.

Grandes nomes da poesia já estiveram presentes nesses encontros, que conta com entrada gratuita, abertos ao grande público, e organizados sem fins lucrativos nem investimentos financeiros. Mais de quatrocentos produtores culturais e artistas de todas as linguagens e estéticas de todas as regiões do Brasil e do exterior estiveram presentes no projeto Quinta Poética, promovido pela Escrituras Editora e a Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura, com curadoria do poeta José Geraldo Neres.

*Márcio Barreto – Percuntindo Mundos

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s