Coletivo Futuráfrica coloca Santos na rota do movimento musical Global Gheto Tech

Consolidado como um dos destaques da cena cultural de Santos, o Coletivo Futuráfrica – Afrobrazilian Grooves colocou a cidade definitivamente no circuito mundial do movimento musical Global Gheto Tech.  Prova disso é a festa “Bass me Mucho”, que acontece neste sábado (10/3), a partir das 23 horas, na Casa Noturna Base Arte Cultura, com a presença do DJs Rüstico, da Argentina, e axe.l, da Alemanha.

Os dois são destaques do movimento Global Gheto Tech, formado por ritmos que nasceram do acesso que vários artistas de locais periféricos e guetos mundiais tiveram a tecnologia, traduzindo a cultura local por meio de produções musicais eletrônicas. A noite conta, também, com os Djs e MCs da Futurátrica, acompanhados, pela primeira vez, pelo VJ Colante.

Grupo pioneiro do Sound System (discotecagem com acompanhamento vocal e instrumental) no Litoral Paulista, o coletivo realiza festas reunindo várias matizes da música e arte negra. Já passaram projeto do Futuráfrica artistas como Marechal, Lurdes da Luz, Maga Bo e Digital Dubs. O objetivo, segundo um dos idealizadores do projeto, o Dj Luiz Dias, o Lufer, é o de trazer uma nova proposta para a noite santista, tendo a música como o carro chefe.

Influência brasileira. Sebastián Chavarri, o DJ Rüstico, nasceu em Buenos Aires, na Argentina, mas começou a carreira em 2001 em Madrid, Espanha. Entre 2002 e 2004, morou na Bahia, onde sofreu forte influência de ritmos como o Forró, Maracatú e Samba. Atualmente vive em Mendoza, aperfeiçoando o seu estilo que costuma chamar de “Planet Beats”, com altas doses de Latin Beats, AfroBrazilian, Balkan combinados como Cumbia Digital, Moombahton, B-More, Hip Hop e Global Bass.

Tem percorrido o Brasil nas principais festas do circuito de World Beats do mundo como Sambacana Grooves y Explode, em São Paulo, e o Babeleska, na Bélgica. Faz parte, ainda, do duo “The Pobretons” junto com Freak Castro, com trabalhos editados pelo selo novaiorquino Subatomic Sound.

O DJ alemão axe.l, do selo germânico Globalibre, é um dos primeiros do estilo Globetrotting e, atualmente, tem experimentado um novo ritmo, o Moombahton, que começa a fazer sucesso em pistas de dança do mundo todo.

*Érika Freire – Artefato Cultural

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s