Sexualidade é tema da primeira mostra Sansex de Cultura e Cinema

 

Valorizar produções artísticas, modificar paradigmas e promover discussões sobre a sexualidade humana. Essa é a missão da Sansex – Mostra de Cinema e da Cultura da Diversidade Sexual de Santos, que acontece entre os dias 1 e 4 de dezembro. São quase 100 horas de programação, voltada a todos os públicos, em cinemas, teatros, universidades e pontos de cultura espalhados pelas Cidades da região.

As ações pretendem reunir cineastas, estudantes, pesquisadores, artistas, militantes, comunidade LGBT e público em geral interessado na temática, por meio da linguagem audiovisual, que até então era somente vista em uma sessão especial (Curta Cris) do Curta Santos – Festival Santista de Curtas Metragens, e das demais expressões de arte, envolvendo espetáculos e shows, entre outros do gênero.

Entre as atividades programadas, destacam-se os plantões de orientação judiciária voltada à comunidade LGBT, a oficina de documentário sobre a temática ministrada pelo diretor Rick Mastro, exposição de artes plásticas, lançamento do livro ‘Viagem Solitária’, escrito pelo transexual João W Nery, as apresentações das peças ‘Dizer e Não Pedir Segredo,’ ‘Requiem para um rapaz triste ‘ e  ‘Dama da Noite ‘, além de sessões de curtas e longas-metragens e intervenções de orientação à prevenção.

Abertura. A primeira edição da Sansex acontece no próximo dia primeiro, quinta-feira, às 20h30 no Theatro Guarany, no Centro de Santos. O ex-Big Brother, cantor, ator e maquiador Dicésar, com a personagem Drag Dimmy Kieer, será o mestre de cerimônias, que terá a presença  do fundador do grupo Ipupiara Beto Volpe para falar sobre o 1/12 – Dia Mundial de luta contra a AIDS, as exibições dos curtas-metragens – Sem Purpurina – A realidade LGBT na Baixada Santista e Não Quero voltar sozinho.

Cinema. Além de sessões especiais durante a abertura e encerramento, haverá a exibição de curtas metragens no Cine Roxy do Shopping Pátio Iporanga, localizado na Avenida Ana Costa, no Gonzaga, em Santos. As apresentações ocorrem na sexta-feira (2) e sábado (3), sempre às 20 horas. Em seguida, realizadores convidados discutem o tema com os espectadores. A organização solicita a retirada dos ingressos gratuitos a partir das 19h30.

Teatro. Na sexta-feira, o Sesc-Santos, localizado na Avenida Conselheiro Ribas, 136, na Aparecida, recebe a peça ‘Dizer e Não Pedir Segredo’ que retrata com delicadeza e contundência o universo da homossexualidade no Brasil, com direção de Luiz Fernando Marques, criação, pesquisa e dramaturgia de Ivan Kraut, Luiz Fernando Marques, Luis Gustavo Jahjah, Daniel Viana e Ronaldo Serruya (os três últimos também no elenco).No sábado, a biblioteca pública Mario Faria (Posto 6)  é a sede do sucesso caiçara a “Dama da Noite“, um monólogo dramático de Luiz Fernando Almeida sob a direção de André Leahun. E, às 22 horas, no Espaço Teatro Aberto (Praça do Andradas , 102), a programação teatral se encerra com o espetáculo Requiem para um rapaz triste com o ator Rodolfo Lima , trabalho inspirado na obra do autor gaúcho Caio Fernando Abreu (1948-1996).

Oficina. Consiste em produzir um documentário com temática sobre a diversidade durante o evento com o tema “Como queremos ser vistos na tela?”. A atividade acontece durante os quatro dias de realização do evento e tem como sede a Univerisdade Metropolitana de Santos (UNIMONTE) localizada na Avenida Rangel Pestana, Vila Mathias, das 14 às 18 horas. As inscrições gratuitas poderão ser efetuadas enviando o currículo pelo email sansex@curtasantos.com.br .

O ministrante é Ricky Mastro, formadoem Artes Cênicas pela University of Washigton (Seattle – EUA) e em Cinema pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP).Além de diretor, Ricky é documentarista e roteirista e realizou nos últimos cinco anos mais de sete curtas metragens trabalhando com atrizes como Imara Reis, Nyrce Levin, Ângela Barros e Sara Sarres que fez a sua estréia no cinema com o curta-metragem Cinco Minutos.

Mesa-redonda. A atriz e diretora Renata Carvalho será a mediadora do debate que vai discutir o atual cenário das políticas para a diversidade sexual e o caminho para uma Cidade sem homofobia, que acontece no sábado, dia03, a partir das 17 horas no Sesc, em Santos.

Presenças confirmadas da psicóloga, terapeuta sexual de família e de casal e blogueira do Jornal A Tribuna, Marcia Atik, do presidente da Associação Vida e Esperança (AVE), Marcelo Luiz de Souza, do consultor técnico do Centro de Convivência Joana Dar’c, Luiz Eduardo dos Santos, da empresária, Tila Rios, o fundador do  grupo Ipupiara, Beto Volpe, do escritor João Nery e da advogada e Coordenadora da Comissão da Diversidade Sexual e Direito Homoafetivo (OAB/Santos), Rosangela Novaes.

Lançamento Literário. O escritor João Nery lança na Realejo Livros, em Santos, “Viagem Solitária”, livro autobiográfico que conta a história do autor que, no final da década de 70, ousou e fez uma cirurgia de mudança de sexo. Nascia ali o relato do primeiro transhomem operado no Brasil. O lançamento ocorre na sexta-feira (2), Às 19 horas. A livraria localiza-se na Avenida Marechal Deodoro, 2, Gonzaga.

Foi durante a Ditadura Militar, em 1977, que se submeteu à primeira cirurgia de mudança de sexo. Naquela época, as clínicas e os hospitais ainda não estavam liberados para fazer esse tipo de cirurgia, e os médicos que se propunham a realizá-las eram considerados mutiladores, a ponto do médico que operou o João chegar a ser indiciado – e condenado há 2 anos de prisão –  por lesão corporal por uma mesma cirurgia de mudança de sexo, feita em 1971.

Festas e shows. Ao final de cada dia o público poderá aproveitar as festas temáticas produzidas especialmente para a primeira edição da Sansex. A programação dos eventos noturnos começa na quinta-feira (1º), às 23 horas, com a Festa Quinta Queen no Internet Bar (Rua Floriano Peixoto, Nº 302, Pompeia – Santos). No dia seguinte, sexta, às 24 horas, é a vez da The Club Litoral (Alameda Paulo Gonçalves, 680, Itararé, São Vicente) receber a Noite Sansex .

No sábado, às 23h30, a Tribal Club (Rua Júlio de Mesquita, 165 – Vila Mathias) também torna-se a sede da Noite Sansex e domingo, às 18 horas acontece a ação Música com Jogatina, no Rosa Marinho (Rua Visconde do Rio Branco, 16, Centro de Santos), todas as casas   tem classificação indicativa para maiores de 18 anos.

Consultas, exposição e orientações. Na abertura no hall do Teatro Guarany acontece a exposição Campo Fértil: Potencial da Vida  do escultor Marcio Garrido, seu trabalho é feito em madeira, e há mais de vinte anos confecciona suas peças a partir de árvores já cortadas, que não seriam utilizadas para outros fins, a preocupação com o meio ambiente é uma forma de integrar sua obra com o meio social. Dias 1 e 2 de dezembro, entre 9h30 e 11h30 haverá plantão de orientação jurídica a comunidade LGBT na OAB de Santos (Praça José Bonifácio, 55 – Centro – Santos.Na sexta e no sábado o Quiosque da Cris (Avenida Ayrton Senna da Silva, 01/01B),em São Vicente, recebem os filmes curtos sucessos da internet . E em todos locais teremos a intervenção do Centro de testagem e aconselhamento da Secretaria Municipal de Saúde.

Encerramento. Acontece a partir das 19h30 no Cine Roxy do Shopping Pátio Iporanga, no Gonzagaem Santos. Naocasião haverá a exibição do longa-metragem inédito na região Elvis e Madonna, do premiado diretor Marcelo Laffitte com os atores Simone Spoladore e Igor Cotrim no elenco.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s