‘Kabul’ é destaque nesta sexta-feira no Sesc Santos

Nesta sexta-feira (05/nov), a Cia. Amok Teatro exibe o espetáculo ‘Kabul’ às 21h no Teatro do Sesc (Rua Conselheiro Ribas, 134/Santos). O texto é dirigido e concebido por Ana Teixeira e Stephane Brodt. No palco, sobem os atores Stephane Brodt, Fabianna de Mello e Souza, Kely Brito e Bruce Araujo.

Sinopse. Kabul é um espetáculo sobre a guerra vista através da intimidade de dois casais que refletem o martírio de uma nação traumatizada por vinte anos de violência e entregue à tirania dos fundamentalistas. Quatro rostos da guerra, quatro retratos de um Afeganistão visto de dentro das casas, por detrás das cortinas. Livremente inspirado no livro “As Andorinhas de Cabul” de Yasmina Khadra, o espetáculo é um mergulho na alma humana para investigar o que resta quando perdemos a esperança confiscada por décadas de violência. A música afegã, executada ao vivo com instrumentos originais, integra organicamente o drama, conduzindo-o através de suas sonoridades.

Crítica – Rodrigo Monteiro. Estamos falando em tragédia. Kabul, que trata da vida na cidade de Cabul, capital do Afeganistão, e que começa coma divulgação de algumas leis promulgadas em 1997 (treze anos atrás somente), do ponto de vista de suas interpretações, cheira à tragédia, das gregas. Os personagens encaminham suas direções por entre limites muito bem marcados, definidos, superiores a eles e suas vontades/idiossincrasias. (…) A concepção de Teixeira, pela forma coesa que se expressa, faz do Amok, nesse espetáculo, como também em outros, um dos melhores grupos teatrais do país nesse tamanho continental que ele tem.

E ainda, no mesmo aspecto, indo além da encenação e chegando à recepção, o clima instaurado de dor contínua e peso se estende ao público. O espetáculo sufoca. Quem vê se sente preso nesse estado de coisas tolhedor de qualquer liberdade: não podemos nos mexer, não podemos olhar para o lado, não podemos não ouvir e, principalmente, não nos é permitido não compreender o que está sendo dito. Tudo é claro o bastante para nos obrigar a experimentar. (…) Kabul faz reviver uma situação política verdadeira em Cabul. O tormento sentido pelo espectador absorto é necessário à peça, ao que se quer, à catarse épica, se é que Aristóteles e Brecht possam conviver. Quanto mais rápido são os atores na contrarregragem, mais cortante é a cena conseqüente.

Amok Teatro. Dirigido por Ana Teixeira e Stephane Brodt, o Amok Teatro se dedica a uma pesquisa contínua do trabalho do ator e das possibilidades de encenação. Desde sua fundação em 1998 o grupo tem recebido por seus trabalhos um grande reconhecimento da crítica e do público.

O Amok Teatro coloca o ator e a linguagem física no centro do ato teatral e apóia a sua pesquisa em dois eixos: Antonin Artaud e Etienne Decroux, de quem herdaram também uma técnica, a mímica corporal dramática. O trabalho do grupo se caracteriza pela busca de um rigor formal e de uma intensidade que o corpo do ator afirma como sendo o lugar em que o teatro acontece. Em seus espetáculos, o Amok Teatro aborda temas contemporâneos, sem perder de vista a busca de uma linguagem poética. A encenação é um campo aberto à pesquisa de linguagem cênica, ao aperfeiçoamento das técnicas do ator e ao diálogo com questões fundamentais de nossa época. Cada novo projeto impulsiona o grupo a procurar diferentes caminhos de pesquisa e de treinamento para o ator.

Criação e formação sempre estiveram estreitamente relacionadas nos trabalhos do Amok. Desde 2003, com a abertura de sua sede no Rio de Janeiro, a companhia tem desenvolvido uma intensa atividade pedagógica e recebido em suas oficinas atores vindos de diversas regiões do país. A Casa do Amok se configurou como um espaço de criação e de treinamento, onde a vida da companhia e a formação dos atores estão profundamente ligadas.

*Amok Teatro/Sesc Santos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s